PROGRAMA CARLOS ALBERTO

Das 20:00:00 às 23:00:00
Com: CARLOS ALBERTO Ô CACAIA

Sergipe tem 13 casos suspeitos de sarampo em investigação

Até o momento, não houve registro de óbito por sarampo no estado.

21/09/2019 as 06:30


Sarampo — Foto: Prefeitura Botucatu/Divulgação/ArquivoSarampo — Foto: Prefeitura Botucatu/Divulgação/Arquivo

Sarampo — Foto: Prefeitura Botucatu/Divulgação/Arquivo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou nesta sexta-feira (20) uma atualização dos dados sobre o sarampo em Sergipe.

Segundo a SES, são 41 casos notificados de sarampo, dois confirmados, 26 descartados e 13 em investigação. Até o momento, não houve registro de óbito por sarampo no estado.

Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Sheyla Maria Teixeira Lima, houve um aumento da cobertura vacinal contra a doença no estado.

“Passamos de 60% de cobertura para 95% para a tríplice viral I, que é a primeira dose. Ainda é preciso melhorar na segunda dose, pois estamos com 68%. As pessoas já começam a ter essa consciência e estão procurando os postos de saúde, que estão todos abastecidos com a vacina”, disse Sheyla Maria.

O sarampo é uma doença viral de elevada contagiosidade, cuja transmissão ocorre por meio de secreções nasofaringes, expelidas ao tossir, espirrar e falar. Os principais sintomas são febre, manchas avermelhadas, acompanhados de tosse ou coriza ou conjuntivite. Casos graves podem levar ao óbito.

A vacina é a única maneira de prevenir a doença e está disponível na rotina das unidades.

Recursos para prevenção

O Ministério da Saúde informou que Sergipe vai receber recursos financeiros para realizar ações e serviços públicos de saúde destinadas a imunização para o controle do surto e interrupção da cadeia de transmissão do sarampo.

A previsão é que o estado receba R$ 150 mil. Já o município de Estância, onde dois casos da doença foram registrados, vai receber R$ 19.763,52 para a realização das ações.