Segundo a PC, Rafael Scoobydoo era suspeito de ameaçar de morte outros presos na operação e comercializar armas

Segundo a PC, Rafael Scoobydoo era suspeito de ameaçar de morte outros presos na operação e comercializar armas

11/10/2021 as 08:12

Ele era investigado por narcotráfico e uso de arma de fogo. Apesar de ser bem visto socialmente, ele é suspeito de ameaçar de morte outros criminosos”, afirmou delegado.

A morte em confronto do itabaianense Rafael da Costa Santos, o “Rafael Scoobydoo”, durante operação policial nesta quinta-feira, 07, pegou de surpresa muitas pessoas que o conheciam, visto que nunca imaginaram que ele pudesse ter envolvimento com a criminalidade.

Porém, segundo a Polícia Civil, Rafael era investigado por narcotráfico e o uso de armas de fogo. “Apesar de ser bem visto socialmente, ele é suspeito de ameaçar de morte outros criminosos”, completou Wilkson Vasco, delegado do Denarc.

O objetivo da operação era desarticular três quadrilhas, duas delas voltadas ao tráfico de drogas e outra, a roubo de chácaras no interior de Sergipe. Oito pessoas foram presas.

Conforme as investigações, o itabaianense Rafael integrava uma quadrilha envolvida com o tráfico de drogas, que estava ameaçando os integrantes de outra quadrilha, esta voltada a roubos em chácaras no interior sergipano.

Segundo Wilkson Vasco, duas pessoas que foram presas na operação desta quinta, integrantes de uma associação criminosa diferente da que Rafael pertencia foram ameaçadas de morte por ele.

No celular de Rafael, segundo a PC foram encontradas fotos recentes de armas de fogo de diversos calibres, que eram compradas e vendidas por ele, com base em conversas de WhatsApp. Na residência dele os policiais também encontraram drogas.

“No celular dele analisado hoje, com autorização judicial encontramos conversas suspeitas no WhatsApp, que mostram armas de fogo, tanto pistolas, como de outros calibres, que ele estava adquirindo e vendendo. Também foi encontrada com ele, alta quantidade de droga”, enfatizou o delegado.

A ação policial desta quinta-feira foi realizada pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), Polícia Militar, através da Ciopac (Polícia da Caatinga) e ainda a Guarda Municipal de Aracaju. Os policiais cumpriram mandados em dez cidades.

Além de Rafael Scoobydoo, dois outros suspeitos de integrarem as associações criminosas investigadas morreram em confronto, ambos em Campo do Brito. Eles foram identificados como Alex Almeida de Jesus e Romário Ferreira Santos.

QUEM ERA RAFAEL SCOOBYDOO?

Rafael era bastante conhecido em Itabaiana, visto que tinha um som do tipo “paredão”, o Scoobydoo, que sempre estava presente nas festas de toda região.

Ele também era famoso no Instagram, onde tem mais de 35 mil seguidores e recentemente participou de um reality de blogueiros em Lagarto.